quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Desafio ... 4

-
Será o quarto desafio deste género do Marintimidades. Durante o último Verão, as minhas andanças têm sido mais pela nossa ria.

Mas, como a organização do novo site da Confraria Gastronómica do Bacalhau teve a gentileza de colocar o meu blog nos links de interesse, amor com amor se paga, também lhe dedico este desafio, relativo a dois belíssimos lugres bacalhoeiros.

Tinha prometido que, da próxima, seria bem mais difícil! E é…

Os nomes dos navios não se conseguem distinguir, creio, devido à distância a que foram fotografados, mas trata-se de dois elegantes lugres da praça de Aveiro, em plena faina, com mar de senhoras … Ambos de quatros mastros, apresentam uma curiosidade – as velas dos pequenos dóris, a secar…Vamos aos palpites! Tentem identificá-los. Não desanimem!!! É de mestre e de confrade!


Fotografia – Arquivo pessoal da autora

Ílhavo, 18 de Novembro de 2009

Ana Maria Lopes

12 comentários:

David Luna de Carvalho disse...

O primeiro não parece ter proa nórdica, mas o segundo sim. estarei certo nesta primeira aproximação'

Anónimo disse...

Primeiro plano o L/M "MILENA"
Segundo plano o L/M "NOVOS MARES"

Anónimo disse...

Pelo mar chão tenho quase a certeza que a fotogafia foi tirada na Groenlândia de outro navio nas proximidedes.

João Reinaldo disse...

Cá para mim, também aposto no "BRITES", desconhecendo qual será o outro.
JR

fangueiro.antonio disse...

Boa noite.

Pois cá da Polónia e a olhar pelo meu telescópio, digo que o lugre em primeiro plano é o imponente "Senhora da Saúde" e o segundo arriscarei ser o "Brites", embora não lhe veja grandes diferenças do "Novos Mares" assim tão ao longe. Só pelo tamanho da matrícula pintada arrisco ser o "Brites".
Que imagem fantástica ver navios à vela com "barquinhos" à vela dentro de si, qual mãe com os seus filhos no regaço.

A ver então se nesta campanha chego a 1ª linha :)

Atentamente,
www.caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt

Luis Filipe Morazzo disse...

Caríssima Dra.

No primeiro plano temos o imponente "Milena", navio de construção americana, Ex- "BURKELAND", construído na Florida em 1918 e adquirido em Génova pela Indústria Aveirense de Pesca, Lda. Começa a sua actividade na pesca em 1936. Nos anos de 1940 e 1941 faz viagens de comércio e retoma a pesca do bacalhau na campanha de 1942. Naugrafa por água aberta no Virgin Rocks na campanha de 1958.As suas principais características: Deslocava 756,63 toneladas brutas Comprimento 61 m Boca 10,88m Motor Polar 330 hp Com frigorífico. Pontal 5m.

No segundo plano vamos encontrar o "Novos Mares". Lugre Construído em 1938 na Gafanha da Nazaré por António Bolais Mónica, para a Empresa Testa e Cunhas, Lda. Aveiro

Deslocava 434 toneladas brutas Comprimento 44 m Boca 10,41m Motor WUMAGO 315 hp Com frigorífico.

Naufragou devido a incêndio na T.Nova em 27.7.56

Belíssima fotografia

Saudações marinheiras

Luis Filipe Morazzo

Ana Maria Lopes disse...

Pessoa amiga fez-me chegar a sua opinião, que passo a transcrever, depois de autorizada.

A fotografia é um espanto.
A Sra. Dra. tem um espólio invejável e espectacular.
Em primeiro plano, está o "grande" "MILENA", inconfundível com a sua proa de beque.
Em último plano é o "NOVOS MARES" de 1938 com a sua proa em colher e com 4 mastros.
Poder-se-ia confundir com o "BRITES" de 1936, mas este navio tem menos tosado que o "NOVOS MARES" e estes têm ambos proa de colher.
Penso não haver dúvidas.
Aqui vai a minha opinião, espero que certa.

paulo agra disse...

boas como a foto pouco deixa ver, o lugre em primeiro plano parece-me o Brites já o segundo vou para o Aviz

Anónimo disse...

Desculpe-me discordar de si sr. Paulo Agra.
Em 1º plano não pode ser o "BRITES" porque este tinha proa de colher.
Aqui vemos um navio com proa de beque.
Em 2º plano não pode ser o "AVIZ" porque este tinha quatro mastros mochos, isto é, sem mastareus.

Um amante dos navios bacalheiros, devidamente identificado pela autora deste blog

Ana Maria Lopes disse...

Esta bela foto chegou-me às mãos através do espólio do saudoso Capitão "Almeida", que nem sempre datava ou identificava o motivo. Foi o que aconteceu, desta vez.
Dois dos Amigos mais entendidos na classificação de navios, por comparação com outras imagens, presumiram que o navio, em primeiro plano, tanto poderia ser o Milena como o Senhora da Saúde e o outro,em segundo plano, tanto poderia ser o Brites como o Novos Mares. A foto não aproxima o suficiente para que se possam distinguir pormenores.
Portanto, parabéns aos vencedores, e obrigada a todos, pela participação.

Luis Filipe Morazzo disse...

Caríssima Dra. Ana Maria Lopes


Depois de aturadas observações e comparações, e caso me seja permitido uma segunda tentativa, gostaria de rebater o seguinte: o navio que está em primeiro plano, não é de facto o grande “Milena” como eu disse antes, mas sim, o mais modesto “Senhora da Saúde”. A minha rectificação baseou-se em duas diferenças importantes. A primeira, está na colocação do pau da bujarrona, se reparar-mos melhor, enquanto no grande “Milena” aquele mastro é disparado ligeiramente abaixo do castelo da proa, no “Senhora da Saúde”, ele está absolutamente no mesmo alinhamento da borda falsa da proa.

Há ainda uma outra pequena diferença que eu gostaria de realçar: enquanto no “Senhora da Saúde” existe por cima do ferro para a vante, um “Olhal”, na fotografia isso até transparece bem, no grande “Milena” já não existe nenhuma abertura desse tipo.

Quanto ao navio que se encontra em segundo plano, aceito que possa ser o “Brites”, pois este navio apresenta uma mastreação bem mais guindada que a do “Novos Mares”.
Saudações marinheiras

Luis Filipe Morazzo

fangueiro.antonio disse...

Bom dia.

No meu caso, para decifrar os navios baseei-me na óbvia e rara mastreação de 4 mas principalmente nas matrículas dos navios, seu tamanho e posição (dessas mesmas matrículas. Normalmente não enganam, em comparação com outras fotos que vou guardando. As "cicatrizes" da idade e das campanhas no casco também ajudam. O caro L. Morazzo baseia-se nos seus excelentes conhecimentos que nunca terei, das armações de cada navio. Gostava eu de as ter, era sinal que tinha andado na Faina :).
Acima de tudo, a Drª com estes desafios põe-nos todos de lupa a confraternizar e a discutir detalhes, o que é o mais importante. Continue, sempre que possa.

Atentamente,
www.caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt