domingo, 7 de junho de 2009

Memórias... de Testa e Cunhas - II



Em “O Ilhavense” de 18.12.1927, quase que obtinha a resposta, mas quem seriam “ alguns dos nossos patrícios” citados?


Pela coincidência das datas e dos navios, fácil era concluir que a formação da firma Testa & Cunhas teria sucedido como consequência da aquisição dos bens da Empresa de Navegação e Exploração de Pesca de Aveiro. Mas devia ter na minha posse um documento que mo garantisse, e não apenas basear-me em suposições…

Rumei ao ADA (Arquivo Distrital de Aveiro), um pouco incrédula, disposta a consultar os Livros de Actos e Contratos da Comarca Notarial de Aveiro, do ano de 1927.
Com alguma sorte, as dúvidas ficaram sanadas.

Sempre associara o Avô Pisco (Manuel Simões da Barbeira) só a Testa & Cunhas e, passada uma vida, vim a descobrir que, antes disso, ele já fora armador da Empreza de Navegação e Exploração de Pesca Lda., que Testa & Cunhas, recém-formada, comprara, quatro dias depois da sua formação.

Cabeçalho da escritura da compra – 20.12.1927


Na folha 75 (verso), da escritura acima referida, de que possuo cópia, se escreve (…) que Manuel Simões da Barbeira, também pertencendo à sociedade vendedora, faz também parte da sociedade compradora (…).

Compra do Silvina, Ernani e Laura20.12.1927


E, na representação abaixo, se exibem, garbosos, os lugres, apesar de não terem mastaréus, na única foto que conheço, pelo menos, do Ernani.


Vista aérea do secadouro – anos 30


Nesta imagem, já o Laura, após reconstrução, tinha dado origem ao Cruz de Malta.


Fotografia – Arquivo pessoal da autora

Ílhavo, 7 de Junho de 2009

Ana Maria Lopes

2 comentários:

J.pião disse...

Olá Dra ,já tinha saudades de ler algo seu ,por isso estes documentos diz muito a quém andou nas pescas do bacalhau e não só ,ver estes lugres antigos e lembrar a empresa TESTA E CUNHAS é para mim um previlégio ,por isso obrigada por tudo isto que para mim é muito...comprimentos Jaime Pontes «pião»

Unknown disse...

Linda fotografia: a seca confinava com a ria.
E se um dia se fizesse uma exposição com todo este material disponível???!!!

Cumprimentos

João Marçal