domingo, 24 de maio de 2015

Postais da Costa Nova - Varandas - 3

-
O arquivo do Dr. Paulo Horta Carinha é um espólio, a todos os títulos, notável, um baú sem fundo, que aprecio e comento sempre que me apraz.
Mas, ontem, esta imagem de uma varanda enfeitada com uma dúzia de mirones, em contemplação da ria e da azáfama piscatória, quiçá, seduziu-me. Apoderei-me dela, com ordem, – a varanda da Pensão José das Hortas, na Costa Nova, em 8 de Julho de 1936.

Varanda de ontem…

Ao guardar a imagem no ficheiro em que a incorporei, não é que ficou não encostada a esta outra, recente, com um grupo de amigos que se prepara com deleite para ver passar a procissão da Nossa Senhora da Saúde, em 29 de Setembro de 2013? Outro estilo, outras modas, outras roupagens, outras atitudes. Quase oito décadas as separam.

Varanda de hoje…

Não há dúvida, as pessoas passam, mas as cenas vão-se repetindo.
Sempre foi esta uma das grandes atracções das varandas da Costa Nova – um voyeurismo franco e aberto relativamente a tudo quanto passa e nos deslumbra, desde as serranias longínquas em declive, a Senhora da Maluca estilhaçante num pôr-do-sol resplandecente, a beleza da ria prenhe ou descarnada, a procissão da Senhora da Saúde, ou simplesmente, quem passa a passear ou a mercar. Se valer a pena, nada como rapar do binóculo de bordo do meu Avô…
Nada mau. Um entretém em cheio, desde que o tempo ameno o permita.
Foi assim com a minha Avó, com a minha Mãe, comigo! – Será que vai prosseguir?
Os deuses adivinhá-lo-ão.
Quase que dá para listar aqueles que por ali passaram e já não passam. Até que, algum dia, algum passante venha a dar pela minha falta na minha varanda virada para a ria…
-
Fotos cedidas por PHC e por MEPC.
-
Ílhavo, 24 de Maio de 2015
-
Ana Maria Lopes

3 comentários:

Maria Emília Castro disse...

Bem giro, Ana Maria!

mariasilviaboia disse...

Um verdadeiro regalo para os olhos e espírito!!!!

Ana Maria Lopes disse...

Caras amigas:
Obrigada a ambas. Beijinho.